Confresa inicia vacinação contra a Covid-19 de pessoas com comorbidades

O Ministério da Saúde definiu um novo grupo que deve receber a vacina contra o coronavírus com prioridade, sendo composto de pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, gestantes e puérperas (mulher que deu à luz recentemente).

Porém, devido à limitada disponibilidade da quantidade de doses disponíveis, houve a divisão em subgrupos para melhor organização da primeira fase de aplicação nessas pessoas.

Desses subgrupos, 4 deles é necessário que a pessoa tenha mais de 18 anos. São eles: pessoas com Síndrome de Down, pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal, gestantes com comorbidades e puérperas com comorbidades e até 45 dias após o parto.

Os dois subgrupos restante ditam que as pessoas devem ter entre 55 e 59 anos, que são as Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada, e pessoas listadas com as seguintes doenças abaixo, comprovadas por acompanhamento médico:

  1. Anemia Falciforme
  2. Arritimias cardíacas
  3. Cardiopatias hipertensiva
  4. Cardiopatias congênitas no adulto
  5. Cor – pulmonale
  6. Doença cerebrovascular
  7. Diabetes Mellitus
  8. Dispositivos cardíacos implantados
  9. Doença renal crônica
  10. Doenças reumáticas imunomediadas
  11. Doenças da Aorta, dos grandes vasos
  12. Fístulas arteriovenosas
  13. Hipertensão Arterial com comorbidades
  14. Hipertensão Arterial Resistente (HAR)
  15. Hipertensão Pulmonar
  16. Imunossuprimidos
  17. Insuficiência Cardíaca (IC)
  18. Miocardiopatias e Pericardiopatias
  19. Obesidade Mórbida (IMC > 40)
  20. Pneumopatias crônicas graves
  21. Próteses valvalares
  22. Síndrome de Down
  23. Síndromes coronarianas
  24. Valvopatias

As vacinas para o novo grupo prioritário começarão a ser aplicadas na quarta-feira (05 de maio), na Igreja Assembleia Ciadseta, das 8 às 18h.